7 dicas para fidelizar os clientes no seu Pet Shop

7 dicas para fidelizar os clientes no seu Pet Shop

Um dos grandes desafios enfrentados por Pet Shops é conseguir manter clientes regulares. É comum que as pessoas testem diferentes estabelecimentos para seu pet antes de escolherem um preferido, afinal, cães, gatos e outros animais domésticos são membros da família e queremos sempre deixá-los em boas mãos.

Se você quer levar as pessoas a escolherem o seu estabelecimento como o mais confiável, vale a pena investir esforços em ações de fidelização. Você conhece ou já usa alguma? É para ajudá-lo com isso que hoje trazemos 7 dicas para fidelizar clientes no seu Pet Shop. Confira abaixo!

1. Ofereça uma variedade de produtos

A primeira dica para que seu negócio seja atrativo e retenha clientes é oferecer ao animal e ao tutor os exatos produtos que eles necessitam.

Garanta que será possível encontrar, no seu estabelecimento, todos os tipos de produtos e serviços que são comumente buscados para um pet, como: ração, coleira, roupinha, brinquedos, cosméticos, bebedouros e comedouros.

Se o local puder contar com assistência veterinária, ofereça serviços médico-veterinários e venda medicação, assim o tutor consegue fazer tudo relacionado ao pet em um mesmo lugar.

Sabemos que, muitas vezes, o espaço da loja é pequeno, principalmente para quem está começando; mas, ter nem que seja uma ou duas opções de cada produto pode fazer com que você conquiste o cliente certo no momento em que ele mais esteja precisando de algo.

2. Distribua os produtos estrategicamente na loja

A segunda dica também está relacionada com os produtos, mas dessa vez é uma estratégia para levar as pessoas a realmente entrarem no seu local: deixe os produtos e marcas principais no fundo da loja.

Você pode e deve anunciá-los com cartazes na vitrine, mas se deixá-los facilmente visíveis na entrada da loja, perderá a chance de fazer com que as pessoas circulem pelo Pet Shop para ver tudo o que você tem a oferecer.

Mas não se engane: não é para deixar os produtos escondidos ou colocá-los de qualquer jeito só porque ficarão no fundo da loja. Organize tudo muito bem, deixe-os fáceis de serem encontrados e mantenha a loja sempre limpa e com espaço para a circulação das pessoas.

3. Crie um programa de fidelização

Você provavelmente já viu muitas lojas que oferecem cartões e até mesmo aplicativos por meio dos quais os clientes podem acumular pontos e obter benefícios posteriormente. No seu Pet Shop esse tipo de ação, conhecido como programa de fidelização, tem tudo para dar certo também!

Se seu orçamento não permite criar um app, você pode adotar o bom e velho cartãozinho que recebe carimbos a cada serviço contratado ou a cada X reais gastos no Pet Shop em produtos.

Feito isso, você define com quantos carimbos seus clientes poderão obter um benefício e qual benefício será esse. Por exemplo: um banho grátis, um kit de determinado produto, desconto em algum produto/serviço etc.

4. Dê atenção personalizada

Outra atitude que faz grande diferença para conseguir fidelizar clientes é você demonstrar que se importa com o tutor e com o pet. E não estamos nem falando de cuidar direitinho dos animais, afinal, isso é regra quando se tem um Pet Shop. Na verdade, estamos falando de pequenas atitudes que fazem a diferença.

Por exemplo: tenha o cuidado de manter um registro dos animais, saber o nome de cada um deles, além de estar a par de todos os procedimentos e produtos que o tutor costuma comprar. Ao demonstrar que você se lembra do animal e do dono, com certeza o cliente ficará muito agradecido pelo tratamento personalizado.

Outra ideia: procure fazer um cadastro dos animais e saber a data de aniversário deles; desse modo, você pode oferecer um brinde ou enviar uma mensagem especial nesse dia. Quando recebem esse tipo de atenção, há mais chances das pessoas gravarem na mente o estabelecimento.

5. Mantenha o ambiente agradável

Um ponto que vale para qualquer tipo de estabelecimento na hora de fidelizar clientes é proporcionar um ambiente no qual as pessoas se sintam bem em estar.

Isso significa que, além de bem organizado, como citamos nos tópicos anteriores, o local deve estar sempre limpo, bem climatizado, sem ruídos excessivos e bem iluminado. Para um conforto extra, vale a pena contar com um cantinho onde haja cadeiras ou poltronas de espera, além de água, chá, café e, se der, até alguns quitutes.

Sempre há aquele cliente que chega um pouco antes na hora de buscar o pet, ou mesmo algum que goste de esperar por ali mesmo até que ele fique pronto. Se a pessoa souber que no seu estabelecimento existe esse espaço de espera, isso com certeza vai ser um motivo para ela preferir o seu Pet Shop.

6. Use produtos de qualidade

De nada adianta você ter um belo local, organizado, com atenção personalizada, oferecer vantagens aos clientes e etc. se o resultado final do seu trabalho não for bom.

Ter técnica e experiência na hora de dar banho ou tosar animais faz grande diferença, mas se existe um ponto crucial que define o resultado desses serviços, esse ponto é a escolha adequada de produtos.

Optar por produtos de qualidade vai garantir um resultado final que agradará o cliente e que será adequado para a higiene e saúde do animal. Assim, não deixe o barato sair caro!

Prefira investir dinheiro em produtos de excelência, que realmente proporcionam hidratação, fortalecimento e tratamento do pelo e pele do animal, do que comprar produtos baratos que não fazem efeito nenhum.

7. Avalie a satisfação dos clientes

Por fim, uma atitude bacana é pedir que os próprios clientes opinem sobre como anda a qualidade dos serviços e do atendimento prestado no Pet Shop. As pessoas, em geral, gostar de dar sua opinião e se sentem satisfeitas quando o próprio local dá a elas a chance de falarem o que pensam.

Você pode criar um questionário em papel mesmo que pode ser preenchido pelos clientes enquanto estão na loja, ou pode enviar por email, ou mesmo por WhatsApp, algum formulário criado na internet (em sites como Google Forms ou TypeForm).

Após conseguir algumas respostas, dê atenção especial ao que é dito e verifique maneiras de aprimorar os pontos indicados. Com certeza o cliente vai valorizar o esforço da loja em melhorar e vai perceber a diferença ao visitá-la novamente.

Com essas dicas para fidelizar clientes no seu Pet Shop, você terá muita mais probabilidade de fazer com que as pessoas frequentem e, o mais importante, voltem várias vezes a sua loja. Quer ver se as dicas realmente funcionam? Então comece a colocá-las em prática agora mesmo!

Você pode se interessar:

Como escolher a cartela de produtos e serviços do Pet Shop?

Deixe uma resposta