Como escolher a cartela de produtos e serviços do Pet Shop?

Como escolher a cartela de produtos e serviços do Pet Shop?

Saber investir dentro do mercado pet é essencial para continuar crescendo. Esse investimento vai desde vender produtos novos até ampliar os serviços do Pet Shop.

Escolher a cartela de produtos e serviços corretamente pode mudar os rumos do seu negócio e ainda ajudá-lo com o faturamento no final do mês.

Quer saber como? É só continuar lendo esse texto para conferir o passo a passo.

Avalie seu modelo de negócio

Antes de tudo, é necessário avaliar sua própria empresa. É preciso saber quais produtos você já vende, quais serviços já disponibiliza, se é possível aumentar essa gama etc.

Com essas informações, você vê com clareza onde seu pet shop está atualmente e até onde ele pode chegar com as alterações que podem ser feitas na sua cartela de produtos e serviços.

Analise a concorrência

O mercado pet é muito competitivo. As chances de você oferecer os mesmo itens ou benefícios que o concorrente ao lado são altíssimas.

Para não correr esse risco e entregar algo realmente inovador para o seu cliente, avalie os concorrentes. Veja quais produtos e serviços eles vendem, analise as promoções e a eficiência delas e, principalmente, os pontos fortes e fracos.

Depois disso, pense se existe algo que você pode adaptar no seu Pet Shop para que ele fique melhor que a concorrência. Aprender com os erros dos outros empreendedores é muito importante para o desenvolvimento do seu negócio.

Conheça as preferências do seu público-alvo

Produtos alimentícios, medicamentos e produtos de higiene sempre vendem bem no Pet Shop. Mas como escolher as outras mercadorias que irão compor a sua cartela? Conhecendo o seu público-alvo!

Além de fazer a pesquisa, você também pode avaliar seu relatório de vendas nesse processo. Lá terão informações importantes, como quantidade de compras em cada visita, quais são os produtos mais vendidos, os serviços mais solicitados etc.

Assim, você terá dados concretos para saber o que está de acordo com o gosto do consumidor, qual é o seu carro-chefe e o que não está vendendo muito bem. Também é possível unir o útil ao agradável e usar as mesmas informações para realizar ações de marketing no futuro.

Fique de olho no seu planejamento financeiro

Para que seu investimento traga bons resultados, você precisa saber a quantidade de recursos que seu Pet Shop tem para investir. De nada adianta fazer algo enorme visando um crescimento rápido e depois só acumular dívidas, não é mesmo?

Uma boa sugestão é calcular o ROI do investimento antes de fechar qualquer negócio. Dessa forma, você saberá em quanto tempo terá seu dinheiro de volta e se a nova aquisição realmente valerá a pena.

Procure produtos que sejam complementares aos seus serviços

A chave de ouro para fazer o consumidor comprar mais no seu Pet Shop é mostrar benefícios e comodidade.

Por exemplo, se você trabalha com o serviço de clínica veterinária, que tal comercializar comidas naturais para os seus clientes? Lembrando que é necessário que o veterinário aprove o cardápio, os ingredientes e o modo de preparo da alimentação.

 

Quer ter a certeza de que vai oferecer produtos cosméticos e acessórios pet de alta qualidade em seu Pet Shop? Então fale com um consultor da Perigot e conheça nosso catálogo!

 

Você pode se interessar:

Parcerias para Pet Shop: quais escolher?

Leave a Reply