Perigot está entre as empresas de destaque no segmento pet

Perigot está entre as empresas de destaque no segmento pet

Entrevista publicada na Revista Cosmetics & Toiletries Brasil – JAN/FEV 2019 – Vol. 31

Segundo dados da Associação Brasileira de Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil tem a quarta maior população de animais de estimação do mundo. O faturamento do mercado pet no Brasil somou R$ 20,3 bilhões no último levantamento feito pela entidade, em 2017.

A Perigot, sediada em São Paulo, está entre as pioneiras no mercado pet no país. No ano passado, ela registrou um crescimento de aproximadamente 15% sobre 2017. “Nos últimos três anos, a média foi de 28% de crescimento”, afirma Giuseppe Ilario, Diretor Comercial da empresa. Os produtos para pets da Perigot são divididos nas linhas: perfumaria, cosméticos, têxtil e outros produtos – como fl orais de Bach, biscoitos e “stylish groomer”. Os produtos são comercializados em petshops ou por meio do e-commerce da marca.

C&T Brasil: De que forma as mudanças da sociedade têm impulsionado o mercado de produtos para pets?

Giuseppe Ilario: Posso assegurar, com convicção, que entre todos os ramos de atividade, um que se destaca pelo crescimento constante e signifi cativo é o pet. Se voltarmos alguns bons anos atrás, iremos lembrar que um animal de estimação era apenas um “bichinho amigo”, estimado principalmente pelas crianças, mas que permanecia normalmente no quintal das residências.

Ele era alimentado invariavelmente com os restos de comida da família, até porque nem existiam rações, e dormia normalmente numa casinha feita de madeira pelos próprios familiares. Hoje podemos considerar que uma família gasta com seu pet, em média, R$ 350,00 mensais, embora alguns gastem muito mais que isso.

Hoje, com a “humanização” dos animais de estimação, eles passaram a ter status de membros da família, dormem em caminha especial e bem macia – às vezes na própria cama dos donos –, vão regularmente ao veterinário para consultas médicas, alguns têm plano de saúde, frequentam banho e tosa semanalmente e usam produtos cosméticos de fazer inveja aos seres humanos.

Como o senhor avalia o mercado de cosméticos para pets no Brasil?

Hoje o Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking mundial do mercado pet e está prestes a superar o Reino Unido, o segundo colocado. Em primeiro lugar estão os Estados Unidos. O público-alvo é composto basicamente por cachorros e gatos, embora também exista mercado para outros tipos de animais exóticos, como pássaros e répteis. A perspectiva de crescimento para os próximos anos é muito clara e positiva.

Esse ramo é muito rico quanto à oferta e variedade de produtos cosméticos, todos desenvolvidos levando em conta a fisiologia da pele e pelos dos animais. Os principais são: shampoos, condicionadores, máscaras de hidratação, produtos para banho a seco, sérum para proteger e nutrir a pelagem, produtos para a limpeza das orelhas, perfumes e até máscara de efeito progressivo para animais de pelagem longa, entre outros tipos de produto. A gama de itens ofertados no segmento pet não fica nada a dever à de produtos da linha humana.

Quais são as características dessa categoria, no que diz respeito às formulações e à legislação?

As formulações desses produtos requerem tanto ou mais cuidados do que as desenvolvidas para humanos, pois deve-se levar em conta a variedade enorme de raças e pelagens. Cada produto tem de estar adequado às exigências cada vez maiores dos profissionais do ramo. Hoje existem muitas escolas de banho e tosa, que formam profissionais tanto de banho para as diversas raças, como também formam groomers especializados em tosas de todos os tipos, inclusive voltadas às competições.

A legislação do segmento pet é controlada pelo Ministério da Agricultura e não difere muito da legislação aplicada pela Anvisa para cosméticos. Os fabricantes de produtos pet que também produzem a linha humana são obrigados a manter um espaço reservado para a fabricação desses produtos: não pode ser o mesmo espaço para a produção humana. Os equipamentos de produção, bem como todas as matérias-primas utilizadas nas formulações, também têm de ser reservados apenas para o uso nessa categoria.

Quais são os últimos lançamentos da Perigot em cosméticos para pets?

A Perigot está no mercado há pouco mais de dez anos. No início, fabricávamos apenas caminhas e colchonetes diferenciados. Fomos pioneiros em produzir esses materiais com tecidos de decoração e enchimento com materiais virgens e atóxicos. Ao apresentarmos nossa linha cosmética, a preocupação foi manter o mesmo padrão de qualidade, tomando o cuidado de formular produtos de excelência, com embalagens bem cuidadas.

Na linha Olive Care lançamos a Geleia Hidratante, enriquecida com colágeno hidrolisado, extrato de oliva e um hidratante funcional que atua retendo água nos fios e que ajuda a uniformizar a cutícula. É possível usá-la sozinha ou misturá-la com uma pequena quantidade de sua máscara de preferência. Dessa forma, a aplicação terá um resultado ainda mais potente
em hidratação e restauração.

O Condicionador de Ostras, com diluição 1:10, está entre as novidades da linha Delux, como complemento ao Shampoo de Ostras. Assim como o shampoo, o produto é formulado com extrato de ostras e vitaminas que promovem hidratação e pelos brilhantes, além de otimizar espaço na armazenagem.

Qual é a representatividade dos cosméticos no portfólio da empresa?

Nosso portfólio é basicamente composto por cosméticos e linha de confecção, com caminhas, colchonetes, moletons, bolsas etc. As linhas de produtos cosméticos representam aproximadamente 80% do nosso faturamento. Os 20% restantes correspondem aos acessórios de confecção e outros itens.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A Perigot Cosméticos e Acessórios quer te ajudar a entregar os melhores resultados em banho e tosa. Oferecendo a você, produtos de qualidade e marca reconhecida no mercado de cosmética animal. Conheça nosso portfólio. Entre em contato conosco pelo telefone 11 5678-2326 ou e-mail [email protected] e conheça o representante Perigot da sua região.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Você pode se interessar:

Dicas de empreendedorismo no Pet Shop

Deixe uma resposta